MOVIE REVIEW: “Christmas Rhythm” (2023)

2023-12-26T01:50:57

This publication was also writen in SPANISH and PORTUGUESE.

ritmo_de_natal01.jpg

https://www.imdb.com/title/tt29491281/mediaviewer/rm3280030209

Synopsis: Mileny is a famous funk singer. Dante is a budding violinist. Their worlds are very different, but they fall in love and now they have to face their differences (which aren't just professional differences) to be together.

In yet another project made directly for Brazilian television, this movi has an extremely well-worn formula (mainly within the mix between comedy and drama), and yet, it manages to (in a subtle way) imprint some certain personality trait to the point to create your own identity. I don't see this happening in projects made exclusively for the limited media format (creatively speaking) in which television reigns in total power, and that's precisely why this plot manages to be fun and reflective with balanced successes and mistakes.

ritmo_de_natal02.png

https://redeglobo.globo.com/novidades/noticia/ritmo-de-natal-abre-a-semana-com-musica-humor-e-romance-na-tv-globo.ghtml

Despite having an uneven and exaggerated start in narrative terms (more precisely the way in which the movi's protagonist couple meet... during a party and without an exchange of words even before the expected first kiss, which is normally a kind of “tradition” in these movie genres), the relationship between Mileny and Dante blossoms in a totally unexpected way, and they quickly fall in love. However, as everything becomes more intense, they need to make their worlds converge, but this will not be an easy task for both of them.

Trying to enjoy a weekend alone at the holiday home that belongs to Mileny's family, Dante is invited by her, but things get out of control when the other members of her family arrive without prior notice. Now, they have to deal with these unexpected guests (who until then didn't know that Mileny was dating). In an attempt to change this bitter atmosphere, the young singer decides to invite her future mother-in-law without her boyfriend knowing, and instead of helping, this ends up creating much more confusion because Inês is an extremely controlling mother.

ritmo_de_natal03.png

https://redeglobo.globo.com/portugal/noticia/celebre-o-fim-de-ano-no-canal-globo-roberto-carlos-ivete-filme-ritmo-natal.ghtml

From this moment on, the universes of these two young lovers are forced to collide. This way, their first Christmas together will be their first trial to see how far their relationship can go. At this point, the script invests all of its comic strength to portray the differences in social classes that exist on both sides. In parallel, there is also the insertion of dramatic elements, which at times are so heavy that the way everything is portrayed within the plot sounds a little “disconnected” in relation to the initial proposal already presented.

Even thought it's a comedy with some very interesting comic points, the jokes are not that efficient, but they gain a kind of “new context” due to the fact how these cultural differences between the two families are portrayed and how they end up impacting everyone's lives. around you. This is not a financial difference (because both families are rich), but it is purely a difference in behavior based on the world of music, which is a seemingly inconceivable mix as they are two completely different musical styles in their history.

ritmo_de_natal04.png

https://odia.ig.com.br/diversao/televisao/2023/12/6750001-tais-araujo-clara-moneke-e-isacque-lopes-estrelam-ritmo-de-natal-novo-especial-da-globo.html

Mileny and Dante know this, but they need to find a way to survive this unexpected Christmas and save their relationship before their relatives ruin it. The way comedy and drama are intertwined in this movie is interesting, because the approach manages to escape a little from what would be more predictable (even though the script is full of clichés of the genre). The fact that the plot manages to let this musical side dictate the rules of the game more strongly brings something different and has a much more personal touch that helps to portray this cultural difference between the families.

Virtually every joke has a predictable two-way street. There is always a simpler side and a more sophisticated side within the same situation, as if one thing were exactly a reflection of another within the same scene. Just like conflicts, which follow the same pattern and end up imposing the rhythm of the narrative (which is not always so subtle in its approach). However, the cast is competent and despite not delivering high-level performances, they manage to build relatively solid characters amid the shallow level at which the script was designed.

ritmo_de_natal05.png

https://redeglobo.globo.com/novidades/noticia/ritmo-de-natal-abre-a-semana-com-musica-humor-e-romance-na-tv-globo.ghtml

Christmas Rhythm is a typical Christmas movie, but it has a different touch in its essence by bringing an above-average dramatic charge and absorption amidst funny situations. Directed precariously (yes, the director's chair here is heavily wasted) by Allan Fiterman, what saves this movie in its execution is how captivating it manages to be as it is constructed. Here, the story behind the plot is more interesting than the movie itself, precisely because Fiterman failed to capture the message that the project was supposed to convey.

[ OFFICIAL TRAILER ]

https://www.youtube.com/watch?v=kV-8Kk6A-LE


MOVIE REVIEW: “Ritmo Navideño” (2023)

Sinopsis: Mileny es una famosa cantante de funk. Dante es un violinista en ciernes. Sus mundos son muy diferentes, pero se enamoran y ahora tienen que afrontar sus diferencias (que no son sólo diferencias profesionales) para estar juntos.

En otro proyecto más realizado directamente para la televisión brasileña, esta película tiene una fórmula muy trillada (principalmente en la mezcla entre comedia y drama) y, sin embargo, logra (de manera sutil) imprimir cierto rasgo de personalidad hasta el punto. para crear tu propia identidad. No veo que esto suceda en proyectos hechos exclusivamente para el formato mediático limitado (creativamente hablando) en el que la televisión reina con total poder, y es precisamente por eso que esta trama logra ser divertida y reflexiva con aciertos y errores equilibrados.

A pesar de tener un inicio desigual y exagerado en términos narrativos (más precisamente la forma en que la pareja protagonista de la película se encuentra... durante una fiesta y sin intercambio de palabras incluso antes del esperado primer beso, que normalmente es una especie de “tradición”) en estos géneros cinematográficos), la relación entre Mileny y Dante florece de una manera totalmente inesperada y rápidamente se enamoran. Sin embargo, a medida que todo se vuelve más intenso, necesitan hacer que sus mundos converjan, pero esto no será una tarea fácil para ambos.

Intentando disfrutar de un fin de semana solo en la casa de vacaciones que pertenece a la familia de Mileny, Dante es invitado por ella, pero las cosas se salen de control cuando los demás miembros de su familia llegan sin previo aviso. Ahora, tendrán que lidiar con estos invitados inesperados (que hasta entonces no sabían que Mileny estaba saliendo). En un intento por cambiar este ambiente amargo, la joven cantante decide invitar a su futura suegra sin que su novio lo sepa, y en lugar de ayudar, esto termina creando mucha más confusión porque Inês es una madre extremadamente controladora.

A partir de este momento, los universos de estos dos jóvenes amantes se ven obligados a chocar. De esta manera, su primera Navidad juntos será su primera prueba para ver hasta dónde puede llegar su relación. En este punto, el guión invierte toda su fuerza cómica para retratar las diferencias de clases sociales que existen en ambos bandos. Paralelamente, también se produce la inserción de elementos dramáticos, que por momentos son tan pesados que la forma en que todo está retratado dentro de la trama suena un poco “desconectado” en relación a la propuesta inicial ya presentada.

Aunque es una comedia con algunos puntos cómicos muy interesantes, los chistes no son tan eficientes, pero ganan una especie de “nuevo contexto” por cómo se retratan estas diferencias culturales entre las dos familias y cómo terminan impactando la vida de todos. . alrededor tuyo. Esto no es una diferencia económica (porque ambas familias son ricas), sino puramente una diferencia de comportamiento en función del mundo de la música, lo cual es una mezcla aparentemente inconcebible ya que son dos estilos musicales completamente diferentes en su historia.

Mileny y Dante lo saben, pero necesitan encontrar una manera de sobrevivir a esta Navidad inesperada y salvar su relación antes de que sus familiares la arruinen. Es interesante la forma en que la comedia y el drama se entrelazan en esta película, porque el planteamiento logra escapar un poco de lo que sería más predecible (aunque el guión está lleno de clichés del género). El hecho de que la trama consiga dejar que este lado musical dicte con más fuerza las reglas del juego aporta algo diferente y tiene un toque mucho más personal que ayuda a retratar esta diferencia cultural entre las familias.

Prácticamente todos los chistes tienen un camino de doble sentido predecible. Siempre hay un lado más simple y un lado más sofisticado dentro de una misma situación, como si una cosa fuera exactamente un reflejo de otra dentro de la misma escena. Al igual que los conflictos, que siguen el mismo patrón y acaban imponiendo el ritmo de la narración (que no siempre es tan sutil en su planteamiento). Sin embargo, el elenco es competente y, a pesar de no ofrecer actuaciones de alto nivel, logran construir personajes relativamente sólidos en medio del nivel superficial en el que se diseñó el guión.

Ritmo de Navidad es una película típica navideña, pero tiene un toque diferente en su esencia al aportar una carga dramática y una absorción por encima de la media en situaciones divertidas. Dirigida precariamente (sí, la silla del director aquí está muy desperdiciada) por Allan Fiterman, lo que salva esta película en su ejecución es lo cautivadora que logra ser tal como está construida. Aquí, la historia detrás de la trama es más interesante que la película en sí, precisamente porque Fiterman no logró captar el mensaje que se suponía que debía transmitir el proyecto.


MOVIE REVIEW: “Ritmo de Natal” (2023)

Sinopse: Mileny é uma cantora de funk famosa. Dante é um violinista em ascensão. Seus mundos são muito diferentes, mas eles se apaixonam e agora precisam enfrentar suas diferenças (que não são apenas diferenças profissionais) para ficarem juntos.

Em mais um projeto feito diretamente para à televisão brasileira, este filme tem uma fórmula extremamente batida (principalmente dentro da mistura entre o a comédia e o drama), e ainda sim, consegue de (de maneira sutil) imprimir algum determinado traço de personalidade a ponto de criar uma identidade própria. Eu não vejo isso acontecendo nos projetos feitos exclusivamente para o formato midiático limitado (criativamente falando) no qual à televisão reina em total poder, e é justamente por isso que essa trama consegue ser divertida e reflexiva com acertos e erros equilibrados.

Apesar de ter um início descompassado e exagerado em termos narrativos (mais precisamente o modo como o casal protagonista do filme se conhece... durante uma festa e sem uma troca de palavras sequer antes do esperado primeiro beijo que normalmente é uma espécie de “tradição” nestes gêneros de filmes), à relação entre Mileny e Dante aflora de uma maneira totalmente inesperada, e eles rapidamente se apaixonam. No entanto, à medida em que eles tudo vai ficando mais intenso, eles precisam fazer os seus mundos convergirem, mas isso não será uma tarefa fácil para ambos.

Tentando aproveitar um final de semana sozinhos na casa de férias que pertence à família de Mileny, Dante é convidado por ela, mas as coisas saem do controle quando os outros integrantes da família dela chegam sem aviso prévio. Agora, eles precisam lidar com esses convidados inesperados (que até então não sabiam que Mileny estava namorando). Na tentativa de mudar esse clima amargo, a jovem cantora decide convidar à sua futura sogra sem o namorado dela saber, e ao invés de ajudar, isso acaba criando uma confusão bem maior porque Inês é uma mãe extremamente controladora.

A partir deste momento em diante, os universos desses dois jovens apaixonados são obrigados a colidir. Dessa forma, o primeiro Natal deles juntos será à sua primeira prova de fogo para ver até onde o relacionamento deles pode ir. Neste ponto, o roteiro investe toda à sua força cômica para retratar as diferenças de classes sociais que existem de ambos os lados. Em paralelo, há também à inserção de elementos dramáticos, que em alguns momentos são tão pesados que à forma como tudo é retratado dentro da trama soa um pouco “desconexo” em relação à proposta inicial já apresentada.

Mesmo sendo uma comédia com alguns pontos cômicos bem interessantes, as piadas não são tão eficientes, mas elas ganham uma espécie de “novo contexto” pelo fato como essas diferenças culturais entre as duas famílias são retratadas e como elas acabam impactando à vida de todos ao seu redor. Não se trata de uma diferença financeira (porque ambas as famílias são ricas), mas é puramente uma diferença de comportamentos que pautada no universo da música, que é uma mistura aparentemente inconcebível por se tratar de dois estilos musicais totalmente diferentes em seu histórico.

Mileny e Dante sabem disso, mas eles precisam encontrar uma forma de sobreviver a esse Natal inesperado e salvar à relação deles antes que os seus parentes a estraguem. O modo como a comédia e o drama vão se entrelaçando nesse filme é interessante, porque à abordagem consegue fugir um pouco do que seria mais previsível (ainda que o roteiro seja repleto de clichês do gênero). O fato da trama conseguir deixar esse lado musical ditar as regras do jogo com mais força traz algo diferente e tem um toque bem mais pessoal que ajuda a retratar essa diferença cultural entre as famílias.

Praticamente todas as piadas tem uma via de mão dupla previsível. Existe sempre um lado mais simples e um lado com mais sofisticação dentro de uma mesma situação, como se uma coisa fosse exatamente um reflexo da outra dentro da mesma cena. Assim como os conflitos, que seguem o mesmo padrão e acabam impondo o ritmo da narrativa (que nem sempre é tão sutil na sua abordagem). No entanto, o elenco é competente e apesar de não entregar performances em alto nível, conseguem construir personagens relativamente sólidos em meio ao nível raso no qual o roteiro foi pensado.

Ritmo de Natal é um típico filme natalino, mas que tem um toque diferenciado na sua essência por trazer uma carga e uma absorção dramática acima da média em meio a situações engraçadas. Dirigido de maneira precária (sim, a cadeira de direção aqui é desperdiçada fortemente) por Allan Fiterman, o que salva esse filme em sua execução é o quanto ele consegue ser cativante à medida em que ele é construído. Aqui, a estória por trás da trama é mais interessante do que o próprio filme em si, justamente porque Fiterman não conseguiu captar à mensagem que o projeto deveria transmitir.

147
6
3.235
Replies (6)